Início > Acontece no Mundo > BC e Fazenda apresentam novas cédulas do real

BC e Fazenda apresentam novas cédulas do real

BRASÍLIA – Com mais recursos de segurança, visual mais limpo e tamanhos diferenciados com, como novas cédulas do real foram apresentadas nesta quarta-feira pelo Banco Central (BC) e Ministério da Fazenda. Enquanto permanecem efígies, mas como foram Reduzidas notas, ficando uma de R $ 2 com o menor ea de R $ 100 com o maior tamanho.

 

Ficaram muito parecidas com o Euro. O governo chama essa série de Família “Segunda do real”. A primeira foi lançada em 1994

As cédulas de R $ 50 e de R $ 100, mais falsificadas, serão as primeiras na troca, entrando em circulação no primeiro semestre deste ano. Um de R $ 50 mantém uma onça pintada ea de R $ 100 traz uma garoupa, mas o Peixe tem novo design.

A apresentação foi feita pelo ministros da Fazenda, Guido Mantega, do Planejamento, Paulo Bernardo, e pelo presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, após reunião extraordinária do Conselho Monetário Nacional.

“O objetivo é que Sejam mais seguras contra eça”, disse Mantega. Justificou que as mudanças foram possíveis pela modernização da Casa da Moeda.

“Outro aspecto importante é que o real se Tornou uma moeda forte”, disse Mantega. “Além disso, temos que nos preparar para que o real seja uma moeda de curso internacional. Já começa a haver demanda para que seja utilizado fora do Brasil, daí a importancia de ser sólida”, completou Mantega.

Deficientes Visuais

As novas cédulas de real vão atender à demanda dos deficientes visuais e terão tamanhos e marcas diferentes em que facilitam um relevo tátil identificação.

“Existiam demandas Já para que houvesse uma forma de identificar os deficientes visuais como cédulas”, disse o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, ao fazer o anúncio da nova família do real.

Elas também terão recursos gráficos mais sofisticados que vão protegê-las de falsificação. Foram mantidos os elementos que já existiam, como a marca dágua, e outros foram redesenhados para facilitar a identificação e dificultar a falsificação.

“A população não precisa ir ao banco para trocar as cédulas. Elas [as atuais e as novas] vão conviver conjuntamente [até todas serem recolhidas], disse Meirelles.

Nas notas de R$ 50 e R$ 100, que serão lançados até junho deste ano, foram incluídas faixas holográficas diferentes. Segundo o BC esse é um dos elementos mais sofisticados contra falsificação.

A substituição será feita aos poucos. No primeiro semestre de 2011 serão lançadas as cédulas de R$ 10 e R$ 20. Todas as novas cédulas estarão circulando até 2012.

(Com Agência Brasil e Valor Online)

Fonte: IG

Anúncios
Categorias:Acontece no Mundo
  1. kelly
    fevereiro 3, 2010 às 11:15 pm

    Olá Blue..rs
    Interessante essa troca das cédulas,irá beneficiar os deficientes visuais e priorizará a segurança do dinheiro contra falsificaçao,tomará mesmo que está nova nota com essa implementaçao toda,possa dar tudo certo,mas como tudo tem seu prós e contra,vamos esperar a reaçao da sociedade,mas até o momento tem tudo para dar certo.

    • fevereiro 4, 2010 às 8:03 am

      Sim eu achei ótimo!
      Finalmente algo que beneficie os deficientes visuais.
      Tenho a informação de que não será necessário sair correndo para trocar as cédulas, elas serão trocadas gradativamente.
      As notas mais populares que são as de 10, 2 e 5 só veremos em meados do ano de 2012.
      bjs
      Blue Fairy

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: