Início > Acontece no Mundo > Destaques Hora do Planeta!

Destaques Hora do Planeta!

Acabei de ligar as luzes e o computador e trago para vocês em primeira mãos os destaques da Hora do Planeta no Mundo!

Espero que tenha participado desta grande causa!

Bjs Blue Fairy

Ilhas do Pacífico apagam luzes e iniciam Hora do Planeta

Redação Central, 27 mar (EFE).- As remotas ilhas Chatham, no Pacífico, deram início hoje à campanha mundial Hora do Planeta, que busca chamar a atenção para a luta contra a mudança climática.
Os 600 habitantes das pequenas ilhas, que marcam o início do ciclo horário, apagaram seus geradores a diesel para participar da iniciativa, impulsionada pela ONG WWF.
Sydney foi a primeira grande cidade a se somar à iniciativa ecológica, ao apagar as luzes de pontos famosos como a Casa da Ópera entre 20h30 e 21h30, a faixa horária escolhida para o apagão mundial.
Em seguida, também apagaram as luzes de pontos simbólicos Nova Zelândia, Japão, Coreia do Sul e China. EFE

Fonte: G1

Hora do Planeta: o apagão que ninguém viu (fotos)

Monumentos em todo o Mundo apagam as luzes!!!
//

O relógio marcava exactamente 20:30 quando o enorme interruptor colocado em frente à Fonte Luminosa em Belém foi desligado e a iluminação do monumento apagada, marcando o início da Hora do Planeta, em Portugal. No entanto, por cá muitos foram os que ficaram alheios à iniciativa verde. 

O gesto simbólico do Fundo Mundial para a Natureza (WWF, na sigla em inglês) passou ao lado das dezenas de pessoas que por aquela hora passeavam junto do Mosteiro dos Jerónimos e muitos foram os que nem se aperceberam que as luzes tinham sido desligadas.

Na Fonte Luminosa em Belém, onde se assinalava o início da hora verde portuguesa apenas um grupo de jovens colombianos se encontrava presente no local no começo da cerimónia. Ainda assim, os estudantes pareciam mais entusiasmados com as garrafas de vinho e cerveja que saboreavam, do que com a iniciativa.

«Ouvimos falar da Hora do Planeta, sim, na Internet, mas nem sabíamos que ia haver um evento de abertura», confessam.

Juliana Gutiérrez admite que este tipo de «iniciativas é importante para consciencializar as pessoas» e afirma que «em Portugal há uma maior preocupação com o ambiente do que na Colômbia», diz a jovem, entre dois goles de vinho.

«Acho que é por causa da meia maratona»

Com a rua toda iluminada e apenas a Fonte Monumental e alguns monumentos sem luz muitos foram os que nem se aperceberam da comemoração da Hora do Planeta. Miguel Sousa e a namorada chegaram mesmo a confundir a iniciativa ecológica com algo bem diferente.

«A semana passada realizou-se a meia maratona. Hoje deve ser alguma entrega de prémios ou assim», disse, sem sequer se aperceber que alguns monumentos tinham desaparecido na escuridão da noite.

«Nem reparei. E como eu acho que muitos portugueses também não estavam informados. Hoje as atenções estão concentradas é no Benfica», declarou o rapaz, que se apressava para ir ver o resto do jogo de futebol.

Uma iniciativa simbólica por um mundo mais verde

Já a organização responsável pela Hora do Planeta, a WWF, ficou satisfeita com a adesão dos portugueses ao evento.

Ângela Morgado destacou que este ano participaram na iniciativa 27 municípios, o dobro dos que haviam apagado as luzes em 2009. A nível mundial também o recorde foi batido: 121 países e regiões aderiram este ano à causa verde.

No entanto, a responsável da WWF destaca que esta é «uma iniciativa simbólica» e não uma actividade que pretenda «produzir efeitos efectivos imediatos», uma vez que «apenas uma hora não seria suficiente para obtermos resultados significativos» na redução de emissão de dióxido de carbono.

Para Ângela Morgado, a Hora do Planeta tem um duplo objectivo: «Por um lado pretendemos consciencializar os cidadãos da importância que cada um tem na protecção do ambiente. Por outro, queremos chamar a atenção dos decisores políticos para a necessidade urgente de alterações nas políticas ambientais, de forma que se tomem medidas efectivas, que vão mais longe que as tomadas no pré-acordo de Compenhaga», disse Ângela Morgado.

Nesse sentido, a responsável pela comunicação da WWF, considera esta «uma mensagem poderosa com 1.2 milhões de apoiantes em todo o mundo» capaz de «agitar consciências e marcar a diferença».

Um objectivo exigente que pôs neste sábado o mundo às escuras. Mas, em Lisboa, muitos foram os que passaram ao lado do apagão e da iniciativa verde, que promete voltar em 2011.

Fonte: Diário iol.PT

Austrália apaga luz de monumentos e dá início à Hora do Planeta

27/03 às 11h07 O Globo; Reuterssydney apaga as luzes hoje em apoio à hora do planeta, uma iniciativa mundial da rede wwf para alertar sobre o aquecimento global - afp

RIO – Do outro lado do mundo, diversas cidades já começaram a apagar as luzes em apoio à Hora do Planeta 2010, uma iniciativa mundial da rede WWF para alertar sobre o aquecimento global. Por causa do fuso horário, Sydney, na Austrália, deu início ao ato, que acontece neste sábado das 20h30m às 21h30m – horário local das cidades. Monumentos como o Opera House e a Harbour Bridge ficaram às escuras. Em todo o mundo, 3.483 cidades em 125 países ou territórios vão aderir à campanha. ( veja fotos do ato )

Em Pequim, a Cidade Proibida e o Ninho do Pássaro, estádio dos Jogos Olímpicos de 2008, também já apagaram as luzes. A expectativa é de que outros momumentos como as Pirâmides do Egito, a Fontana de Trevi, em Roma, a Torre Eiffel, em Paris, e o Palácio de Buckingham, em Londres, participem.

FONTE: O GLOBO

Luzes foram apagadas às 20h30 e deverão permanecer assim até às 21h30

Apagão recorde na ‘Hora do Planeta’

A ‘Hora do Planeta’, iniciativa do Fundo Mundial para a Natureza (WWF) contra as alterações climáticas, através do gesto simbólico de luzes desligadas, contou com um recorde de adesão. Tanto em Portugal como no resto do Mundo, este sábado, as luzes foram apagadas às 20h30 (hora de Lisboa) e deverão permanecer deste modo até as 21h30.

A iniciativa teve uma adesão de 25 municípios, mais do dobro de 2009, e 121 países, de acordo com a agência Lusa. 

A Portugal Telecom também aderiu ao movimento, deixando às escuras 25 dos seus principais edifícios em todo o país.      Em Lisboa, Porto, Faro,  Almeirim, Vila Real, Horta (Açores), Aveiro, Esposende, Águeda, Angra do  Heroísmo (Açores), Vila Nova de Famalicão, Loulé, Albufeira, Viseu,  Tomar, Lajes do Pico (Açores), a vila de Sintra, Amadora, Mirandela,  Guarda, Matosinhos, Lamego, Setúbal e Sertã, foram apagadas as luzes de monumentos, pontes,  igrejas e serviços municipais.  

 Este ano, pela primeira vez a estátua do Marquês de Pombal, em Lisboa, também aderiu à ‘Hora do Planeta’.

Fonte: O correio da Manhã

 O Rio será um dos participantes, ao lado de 18 capitais brasileiras. Primeira cidade a aderir, o Rio fará seu papel em grande estilo: no Centro de Visitantes do Jardim Botânico, o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, e o prefeito Eduardo Paes vão desligar o interruptor simbólico das luzes da cidade.

Serão apagadas as lâmpadas que iluminam a orla de Copacabana, o Arpoador, o Cristo Redentor, o Pão de Açúcar, a sede da Fiocruz, o Jockey Club, o Monumento aos Pracinhas e a Igreja da Penha. Uma vigília à luz de velas acontecerá na Lagoa Rodrigo de Freitas.

A Hora do Planeta terá a adesão de São Paulo, Belo Horizonte, Vitória, Manaus, Belém, Curitiba, Porto Alegre, Campo Grande, Rio Branco, João Pessoa, Palmas, Cuiabá, Fortaleza, Recife, Goiânia, São Luís, Salvador e Florianópolis. No total, 72 cidades em 20 estados do país apoiarão o evento.

Europa apaga as luzes durante uma “Hora do Planeta”

Por AE-AP

Londres – Os principais monumentos europeus – da Torre Eiffel, em Paris, ao londrino Big Ben e o Coliseu romano – apagaram as luzes por uma hora hoje, seguindo outros países que adotaram a campanha “Hora do Planeta”, numa tentativa de chamar a atenção das autoridades mundiais para a necessidade de redução da emissão de gases do efeito estufa.

Milhares de pessoas apagaram as luzes por uma hora, às 20h30 no horário local destes países, para que os governos do mundo firmem um pacto de redução das emissões de gases de efeito estufa. Este é o quarto ano que a World Wildlife Fund (WWF) realiza a campanha. À medida que as horas passam, as luzes de arranha-céus e monumentos históricos são desligadas em várias partes do mundo, de um shopping em Manila, nas Filipinas, ao Portão de Brandenburg, em Berlim, na Alemanha.

Na Europa, a Torre de Pisa, na Itália, e o Arco do Triunfo, na França, são alguns dos prédios que permaneceram no escuro. Em Amsterdã, na Holanda, a maior parte dos prédios da cidade tiveram suas luzes apagadas, incluindo o aeroporto de Schipol.

O Palácio de Buckingham e o Parlamento Britânico também ficaram no escuro em apoio à campanha. Outros prédios que tiveram suas luzes apagadas foram pontos históricos da Inglaterra, como a Catedral St. Paul e o teatro Royal Albert Hall, e o Castelo de Edimburgo, na Escócia. “Estamos dizendo aos nossos políticos, que nós não podemos esquecer as mudanças climáticas”, disse a porta-voz da WWF no Reino Unido, Debbie Chapman.

Em Roma, as luzes foram apagadas na Fonte de Trevi, um marco histórico do século 18, onde muitos turistas jogam moedas na esperança de voltar à cidade, e que foi imortalizada no filme “La Dolce Vita”, de Federico Fellini.

Em Moscou, o prédio imponente da Universidade do Estado, que fica no alto de um morro, desapareceu na escuridão da cidade, onde muitas pessoas também adotaram a campanha. Representantes russos esperam que o país bata a marca do ano passado, quando mais de seis milhões de pessoas apagaram as luzes durante uma hora em 20 cidades. Neste ano, mais de 40 cidades participaram da campanha.

Há expectativa de que aproximadamente 4 mil cidades em mais de 120 países participem do movimento, apagando voluntariamente as luzes e reduzindo o consumo de energia às 20h30, em horário local, de acordo com os organizadores. “Temos todo mundo participando, de Casablanca até os campos de safári na Namíbia e na Tanzânia”, disse Greg Bourne, executivo-chefe do WWF. Em Taiwan, o palácio presidencial e pelo menos 20 arranha-céus – entre eles o segundo maior edifício do mundo – desligaram as luzes.

Cerca de 88 cidades participaram da Hora do Planeta em 2009, mesmo ano em que a China aderiu ao movimento. Em 2010, mais de 30 cidades chinesas apagarão suas luzes.

Andy Ridley, funcionário da WWF e um dos criadores da Hora do Planeta, disse esperar que neste ano o evento inspire líderes mundiais a lutar por um acordo de combate às mudanças climáticas mais consistente do que o obtido em dezembro durante a Cúpula de Copenhague. “O que ainda estamos buscando nesse ano é um acordo global que incentive todos os países a reduzirem suas emissões”, disse Ridley. “A China terá um grande papel nisso, mas outras grandes economias também”.

Os organizadores da Hora do Planeta disseram que não há uma maneira uniforme para medir quanta energia foi poupada em todo o mundo durante a campanha, mas ressaltaram que o simples fato de tantos lugares terem se comprometido a participar deve ser suficiente para demonstrar aos líderes mundiais que o aquecimento global é uma preocupação geral. As informações são da Associated Press.

Fonte: Abril.com

Anúncios
Categorias:Acontece no Mundo
  1. MIKMIK
    março 30, 2010 às 12:23 am

    oi,Blue,gostaria de perguntar,se vc é de Sampa.Penso muito de combinarmos as paulistanas-jackson para uma reunião com direito à um lanchinho e umas sessões básiquinhas de Michael, para debatermos esse assunto “que não gostamos ,quase nada”.sei que podemos contar com a Carmo,a nereida,a Soldier,a Nenê,a Ly,enfim as “Sampas”.O que vc acha da idéia?Um beijão, e, parabéns pelo blog,está cada dia melhor.Aliás, o da Lyllyan ídem.Sei que não é anti-ético,pois entro em váaaaaaaaaarios,para saber notícias do “amor de guarda-chuva”.Sal

    • março 30, 2010 às 10:37 am

      Olá Sal! bom dia

      Sou de SP sim, quem sabe um dia …..
      Estarei um pouco ausente no blog Devido ao meu trabalho ….
      Um grande beijo

  2. Sanddy
    março 29, 2010 às 10:04 pm

    Olá Blue,

    Sempre persistir, nunca desistir.
    e passando adiante o que fazemos, vamos plantando uma nova semente.

    Beijos mil

    • março 30, 2010 às 10:38 am

      Isso mesmo Sanddy querida,

      Vamos persistir, temos uns dois anos ou menos que isso para virar o jogo se todos colaborarem talvez consigamos.
      Bjs

  3. Sanddy
    março 28, 2010 às 7:52 pm

    Olá Blue,

    Fiz a minha pequena parte. Pelo menos eu não acendi luzes, ou assisti tv. Fiquei no escuro da modernidade, mas na luz de um grande futuro. e foi muito gostoso, pois relembrei momentos de quando eu era criança, e que ficavamos horas sem energia elétrica. Notei que em meu condomínio, muitos apartamentos apagaram as luzes. Infelizmente pessoas com mais idade e outras muito jovens, pensam de forma diferente e diga-se de passagem, inconsequente.

    Mas estaremos a postos para a próxima hora do planeta, e vamos em busca de outros participantes.
    Outra coisa Blue, hoje ao fazer compras no mercado, me deparei com uma mulher que dispensou as sacolinhas plásticas, preferiu caixas de papel e sacolas retornáveis que havia trazido de casa.
    Comemorei com meu marido, pois desde o ínicio das sacolas retornáveis, adotei o hábito de carregá-las pra onde vou, tenho sempre uma na bolsa, para uma emergência.
    Tenho até sacolas térmicas, para os congelados.
    Sou adepta da ecologia, e verifico tudo o que posso antes de consumir.
    Até na hora da refeição, ponho em meu prato o que eu acredito ser suficiente para me alimentar. Não gosto de desperdício. Tem muitas outras coisas que eu faço, há mais de 15 anos.
    E vou continuar a fazer. tudo pelo nosso lindo planeta.

    Beijos mil….

    • março 29, 2010 às 11:57 am

      Olá querida Sanddy!

      Como é bom encontrar pessoas como você, infelizmente ainda temos um longo caminho até que a concientização das pessoas atinja ao ponto máximo!
      Mas estamos fazendo a nossa parte!

      Um grande beijo

  4. março 27, 2010 às 10:20 pm

    Obrigada pelo post, mesmo muito triste por razoes pessoais, eu fiquei muito mais confortada ao ver que eu ajudei e muitos locais tambem fizeram sua parte.
    Meu agradecimento a todos que colaboraram para o bem estar do nosso Planeta.
    Bzus 🙂

    • março 28, 2010 às 4:42 pm

      Oi Bhya

      Nem me fale, infelizmente muitas pessoas não tem consciencia !!!
      Mas tb fico imensamente feliz por ter participado de uma causa como esta.
      Beijos

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: