Início > Acontece no Mundo > Vereadora vai premiar Twitter que indica o caminho da Morte

Vereadora vai premiar Twitter que indica o caminho da Morte

Cada vez mais estou convencido de que vivemos a Era da Inversão de Valores. O que é importante, é menosprezado pela maioria das pessoas. O que é sério é tratado com descaso pelas autoridades. E por aí vai. Para confirmar a assertiva, soube ontem que a vereadora Clarissa Garotinho teve aprovada pela Câmara dos Veredores do Rio o projeto de condecorar uma iniciativa nefasta, que estimula o desrespeito às leis. A vereadora vai dar a Medalha Pedro Ernesto – maior condecoração da casa – aos responsáveis pelo LeiSecaRJ, página do Twitter dedicada a informar a seus mais de 50 mil seguidores os  locais onde o governo do estado realiza blitzes de  fiscalização da Lei Seca.

Apesar de se declarar favorável à Lei que já salvou mais de 4 mil pessoas, a vereadora vai premiar o LeiSecaRJ porque o usuário do Twiiter (microblog e rede social da  internet) prestou relevantes serviços durante o temporal que deixou o Rio submerso há 15 dias. Por uma questão de justiça tenho que reconhecer que o LeiSeca prestou um grande serviço, assim como tantos outros usuários do Twitter que compartilharam informações sobre as condições da chuva, do trânsito e dos pontos de alagamento na cidade. A diferença para os outros é que o  LeiSeca tem uma extensa rede de colaboradores, nascida sob a égide da rebeldia e do protesto contra os rigores da Lei que proíbe motoristas de beberem. Não tenho a intenção de discutir a lei e não veria mal algum se algum Twitter se mobilizasse para mudar uma lei, exatamente como fazem hoje os defensores da legalização da maconha. Tentar mudar leis, dentro do estado democrático de direito, é do jogo.

O que de fato me preocupa é que o Twitter LeiSeca – em  nome da liberdade de expressão e do direito de ir e vir, sem se submeter a blitzes, infelizmente necessárias – informa os lugares onde as blitzes estão sendo realizadas, estimulando – ainda que sem querer – que pessoas encham a cara e dirijam, driblando os pontos de fiscalização. Se as pessoas sabem que a fiscalização será incapaz de detê-las, por que razão teriam a consciência de parar de beber ou de não dirigir depois de terem bebdido. O LeiSecaRJ garante a elas o acesso à impunidade no trânsito. Isso só poderá ter fim no dia em que mais um carro cheio de jovens acabar num poste, com todos mortos. E na mão de pelo menos um deles o smartphone aberto na internet, exibindo a página do LeiSecaRJ.

Jorge Antonio Barros

O globo

Anúncios
Categorias:Acontece no Mundo
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: