Início > Acontece no Mundo > Vampiros existiram? Parece que sim!

Vampiros existiram? Parece que sim!

(Crânio de possível vampiro do século XVI é descoberto)

Essa notícia me lembrou outra, mais antiga, creio que de 6 ou 7 anos atrás, quando desenterraram o túmulo de Vlad Tepes – ou Vlad III Draculea – (príncipe romeno que virou lenda tanto pelas atrocidades que cometeu em vida, quanto por ter sido o “muso” inspirador de o Drácula, de Bram Stoker.) Pois bem, desenterraram o caixão dele, abriram e o que encontraram? Apenas ossos de cavalo!!! Sim… o mais engraçado é que a notícia foi passada pra frente com o título : “Ele ainda pode estar entre nós!

Crânio possui um tijolo na boca, usado para impedir que possíveis vampiros se alimentassem de outros cadáveres

Crânio possui um tijolo na boca, usado para impedir que possíveis vampiros se alimentassem de outros cadáveres

Uma equipe de cientistas italianos encontrou na Itália uma caveira com um tijolo aparentemente colocado à força dentro da boca, o que indica que se acreditava que o cadáver era de um vampiro. A caveira, de uma mulher, foi encontrada na escavação de uma vala comum onde eram enterradas vítimas de uma epidemia de peste bubônica na ilha de Lazzaretto Nuovo, perto de Veneza, Itália, nos séculos XVI e XVII. 

Matteo Borrini, da Universidade de Florença, disse que objetos eram colocados na boca de supostos vampiros na época para impedir que eles se alimentassem dos cadáveres de pessoas enterradas nas proximidades, se fortalecessem e passassem a atacar os vivos. 

Borrini, que apresentou suas conclusões na 61ª reunião da Academia Americana de Ciências Forenses em Denver, nos Estados Unidos, disse que, na época da epidemia, muitos acreditavam que a doença era propagada por vampiros. 

Marcas de mastigação 

Segundo ele, na época da epidemia de peste, os coveiros reabriam constantemente a vala para enterrar os corpos de novas vítimas e encontravam cadáveres que eles suspeitavam ser de vampiros. 

Os suspeitos costumavam ser identificados por sinais como “marcas de mastigação” no tecido em que os corpos eram envoltos. De acordo com Borrini, estas marcas eram causadas por sangue e outros fluidos corporais que às vezes eram expelidos pela boca dos mortos, fazendo com que o tecido parecesse afundar entre as mandíbulas e romper-se. 

Borrini disse que este pode ser o primeiro ritual de “exorcismo de vampiro” confirmado por evidências arqueológicas e analisada com conhecimentos médicos e técnicas forenses. Entretanto, Peer Moore-Jansen, um especialista da Universidade Estadual de Wichita, no Kansas, afirma que encontrou esqueletos similares na Polônia, indicando que a descoberta não é pioneira. 

Veneza foi muito afetada pela chamada peste negra, que atingiu a cidade por volta de 1630. Estima-se que a epidemia matou até 50 mil pessoas de uma população de 150 mil. 

Fonte: Terra/BBC Brasil.

Inconscientecoletivo.net

Anúncios
Categorias:Acontece no Mundo
  1. vinicius
    agosto 9, 2010 às 2:19 pm

    que paia queria me tranforma e um vampiro

  2. junho 10, 2010 às 11:50 am

    Oi Bhya,

    Eu não tenho muito conhecimento sobre vampiros, o que me lembro com clareza é de ter visto um documentario aonde mostrou a descoberta de cranios humanos com dentes de vampiros, eram centenas, além de cranios enterrados com estacas de madeira e objetos de prata. Por isso veio a lenda que não sei se é tão lenda assim da existencia de vampiros…
    Beijinhos
    Blue

  3. junho 9, 2010 às 4:39 pm

    Ainda bem que eu uso cachecol,auahuah! Meu pescoço estara seguro quando eu comprar um colar de alhos!!UHAUAHA!
    Deus me livre, fora as brincadeiras eu sei o que o principe empalador Vlad Tepes foi, o mais cruel e sangrento principe,cujo empalava os corpos das pessoas que o traiam ou apenas diversao vivos ou seja, ele enterrava um espeto no solo e transpassava as pessoas nele., morrendo aos poucos de hemorragia generalizada..se nao me engano, por favor Blue me corrija. 🙂

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: