Início > Acontece no Mundo > Eua e Europa foram contaminados por radiação. 400 mil japoneses podem desenvolver câncer

Eua e Europa foram contaminados por radiação. 400 mil japoneses podem desenvolver câncer

EUA e Europa estão contaminados por radiação, porquê ninguém fala dos mais de 2 bilhões de chineses e indianos que estão bem mais próximos do Japão? É a despopulação illuminati em ação! Veja a notícia:

 

Em 11 de marco de 2011 um terremoto seguido de tsunami abalou o Japão, matando milhares de pessoas e causando mais de três colapsos parciais ou totais no Fukushima Daiichi Nuclear Power Plant.

Empresas e especialistas da indústria nuclear têm continuamente alegado que os riscos são mínimos, empurrando a mentira de que o desastre foi menor e menos grave do que Chernobyl.

Felizmente, dois especialistas chegaram à frente e relataram os perigos reais desta catástrofe nuclear em grande escala.

Em 15 de março, o Dr. Russel Blaylock disse que se uma nuvem de radiação no Japão atingir a costa oeste dos EUA, isso poderia representar uma ameaça às culturas de alimentos da nação e as pessoas que as comem. Os níveis de radiação no leite em três estados foram registradas com níveis muito mais elevados que o normal, fazendo com que alguns acreditarem que a radiação de fato atingiu o abastecimento de alimentos dos EUA.

O risco nos Estados Unidos não é doença da radiação, em vez disso, haverá um aumento do risco de câncer.

“A maioria dos riscos para a saúde não vai ser devido a envenenamento por radiação aguda”, disse Newsmax Blaylock. “Vai ser um risco de câncer aumentado”.

“Quando olhamos para Chernobil, a maior parte da Alemanha Ocidental foi contaminada. Noruega, Suécia. A Hungria foi terrivelmente contaminada. A radiação foi levada para as plantas. A comida era radioativa. Eles pegavam o leite e o transformava em queijo. O queijo era radioativo.”


 

Sabemos agora que o queijo/leite foi contaminado e os produtos comprados em um supermercado em São Francisco foi testado e comprovado como positivo para iodo radioativo 131.

Um grupo de pesquisa francês sobre radioatividade afirmou que os níveis de radiação que foram encontrados na Europa já não são negligenciáveis e mulheres grávidas e crianças devem evitar comportamentos de risco.

Enquanto isso, Dr. Chris Busby, um dos principais especialistas sobre os efeitos da radiação no corpo humano, afirmou que 400 mil pessoas no Japão podem morrer de câncer.

É claro que os chamados peritos que a mídia corporativa tem promovido não são nada mais do que lacaios da indústria nuclear/governo e sem pessoas como Russell Blaylock e Dr. Chris Busby as informações sobre o desastre Fuksuhima seriam completamente censuradas.

Fonte: The Intel Hub e http://noticias-alternativas.blogspot.com/2011/04/radiacao-japonesa-pode-afetar-eua-e-400.html

Fim dos Tempos.net

Categorias:Acontece no Mundo
  1. Helen
    junho 20, 2011 às 12:58 am

    Esse problema com a usina tem afetado o Japão de norte a sul.
    Ainda por aqui, nós convivemos com os horrores da segunda guerra, onde os EUA lançaram bombas nucleares e o número de morte por câncer ainda é grande.
    Isso é muito triste, principalmente, de ver eles segurando as pessoas nessas regiões ao redor da usina.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: