Archive

Archive for the ‘Copa 2010’ Category

Argentina Toma Chocolate e Volta para a Casa!!!!

julho 3, 2010 5 comentários

Após a desclassificação do Brasil na copa do Mundo por um placar de 2×1, o que lemos nos jornais foi a falta de respeito por parte dos Jornais Argentinos, dizendo que o Brasil tomou ”laranja” ou ainda ”laranjasso”, disseram ainda que o Brasil saiu pela porta dos Fundos… Conforme exemplo abaixo:

O diário esportivo argentino Olé não perdeu a oportunidade de ironizar a derrota brasileira por 2 x 1 para a Holanda, nesta sexta-feira (2/06) pela Copa do Mundo. Logo após o apito final da partida, a página do diário estampou a festa holandesa dentro de campo, no lance do primeiro gol.

 

Com o título “Brasil 2014”, os hermanos sugeriram que o sonho brasileiro de conquistar mais um títiulo mundial só será possível daqui a quatro anos, quando o Copa será realizada no Brasil.

Fonte: Super Esportes

Hoje dia 03/07/2010 depois do espetáculo da Alemanha em campo, eu pergunto para a Argentina:

Quem saiu pela porta dos fundos?

Com dois de Klose, que ameaça marca de Ronaldo, tricampeões massacram por 4 a 0 e vão à semi na África do Sul.

Diego Maradona, técnico da Argentina, não vai desfilar nu pelas ruas de Buenos Aires. Isso graças a Alemanha, que venceu o time comandado pelo mito neste sábado, por 4 a 0, pelas quartas de final da Copa do Mundo da África do Sul.

Com o resultado, a Alemanha vai à semifinal e repete o feito da Copa passada, quando eliminou os argentinos também nas quartas de final, nos pênaltis, após empate por 1 a 1. Agora, os alemães pegam o vencedor de Espanha x Paraguai, que acontece a partir das 15h30 com acompanhamento em tempo real do iG.

Foi o quarto confronto em fase eliminatória das Copas entre Argentina e Alemanha. E, pela terceira vez em duelos dessa natureza, os alemães levaram a melhor. Antes do confronto de 2006, Argentina e Alemanha se enfrentaram em duas marcantes decisões de título mundial. Em 1986, no México, com o hoje técnico Maradona no auge da forma, a Argentina venceu por 3 a 2. Os alemães deram o troco na final de 1990.

A vitória alemã também marcou o placar mais dilatado em duelos entre as duas potências em Copas. Até então, vitórias de ambos os lados ocorriam apenas por um gol de diferença ou então em decisão por pênaltis.

O sucesso deste sábado também significou a supremacia alemã em jogos disputados em Mundiais. Quando entrar em campo em Durban, na quarta-feira, para disputar a vaga na decisão, os alemães completarão 98 partidas em Copas, contra 97 do já eliminado Brasil.

Além disso, o atacante Miroslave Klose segue firme com sua média para superar Ronaldo como maior artilheiro da história das Copas. Com os dois gols marcados neste sábado, ele tem 14, um a menos que o “Fenômeno”, mas o suficiente para deixar para trás Pelé (12) e o francês Just Fontaine (13).

Na partida deste sábado, disputada em um estádio Green Point lotado e com maioria argentina, os alemães não demoraram a abrir o placar. Após falta cobrada por Schweinsteiger logo aos 4 minutos, o jovem Thomas Müller, um dos destaques da Alemanha neste Mundial, desviou de cabeça para marcar.

Klose ampliou aos 22 minutos do segundo tempo. Caído, Müller achou Podolski livre na esquerda. O atacante cruzou para o artilheiro que, sozinho, só empurra para o gol. Aos 28min, Schweinsteiger, eleito o melhor em campo pela Fifa, fez bela jogada individual e tocou para Friedrich completar para o gol. Klose fechou o placar aos 44 minutos.

Como disse a equipe Ig:

Argentina caiu de quatro diante da Alemanha e é eliminada da Copa!

Veja os lances abaixo:

Miroslav Klose faz falta no meia argentino Mascherano
Foto: AFP

Miroslav Klose faz falta no meia argentino Mascherano 

 
O argentino Martin Demichelis divide bola com Schweinsteiger

 

Mueller cabeceia e marca o primeiro gol da Alemanha

Tevez reclama com o juíz

Lukas Podolski  cai depois de falta do zagueiro argentino Nicolas Otamendi

Como foi o primeiro tempo:

3min – Gol da Alemanha!
Schweinsteiger levantou na área e Müller resvalou de cabeça, tirando do goleiro Romero. A Alemanha saiu na frente logo em seu primeiro lance de ataque e o atacante marcou seu quarto gol na Copa

21min – Saída arrojada
Messi enfiou bom passe para Tevez, que entrava livre na grande área. O goleiro alemão Neuer saiu deslizando e agarrou antes que o atacante chegasse na bola

23min – Incrível!
Após bobagem da zaga argentina, Müller roubou a bola, arrancou e cruzou rasteiro, na medida, para Klose. Livre, o atacante bateu embaixo e isolou, perdendo ótima chance de ampliar

30min – Messi na cobrança
O camisa 10 argentino teve boa chance em cobrança de falta. A Jabulani, porém, subiu demais e saiu sem assustar Neuer

32min – Goleiro atento
O argentino Di María recebeu na intermediária, invadiu a área, fintou bem o defensor e finalizou rasteiro. Acordado, Neuer agarrou sem problemas

34min – Parecia replay
Em lance muito semelhante ao de Di María, o atacante Higuaín cortou o zagueiro e bateu de perna esquerda. O arqueiro alemão defendeu bem mais uma vez

37min – De longe
O atacante Podolski, que estava meio sumido da partida, recebeu pela ponta esquerda e soltou uma bomba cruzada. Romero pulou atrás da bola, mas só viu ela sair resvalando sua trave esquerda

43min – Bica alemã
O capitão Lahm arrancou e tocou para Müller. O atacante entrou na grande área e tentou marcar de bico, mas a bola desviou na defesa e saiu pela linha de fundo

Foto: AP

Müller comemora seu quarto gol na Copa; foi o mais rápido da Alemanha desde o Mundial de 1978

 

Como foi o segundo tempo:

2min – Argentina começa em cima
Logo na volta do intervalo, Di María partiu para cima da defesa alemã e chutou forte, com muito efeito na Jabulani. A bola viajou e saiu raspando a trave direita de Neuer

8min – Corajoso Mertesacker
Boa jogada da Argentina: o cruzamento veio da direita, Higuaín ajeitou com o peito e Messi bateu de voleio. O zagueiro Mertesacker colocou, heroicamente, o rosto na frente e tirou pra escanteio

17min – Pegou, largou
Higuaín avançou pela esquerda e chutou rasteiro. O goleiro alemão Neuer fechou as pernas e fez a defesa em dois tempo

19min – Só dava Argentina
Di María arrancou pela esquerda, cortou a dois zagueiros da Alemanha e bateu firme. Neuer, bem colocado, pegou sem dar rebote

23min – Gol da Alemanha!
Müller brigou pela bola e, mesmo caído, enfiou bola perfeita para Podolski. O atacante entrou na área e cruzou rasteiro para Klose completar para as redes argentinas

28min – Gol da Alemanha!
Schweinsteiger fez fila pela lateral-esquerda, invadiu a área argentina, fintou mais um zagueiro e rolou para o zagueiro Friedrich completar para o gol. Virou goleada no Green Point

35min – Romero vai bem
O goleiro argentino evitou um prejuízo ainda maior para a Argentina: Kroos soltou uma bomba de fora da área e o arqueiro espalmou bonito

44min – Gol da Alemanha!
Klose fechou o caixão dos argentinos: ele recebeu cruzamento na medida de Podolski e bateu de primeira no contrapé do goleiro Romero. O atacante marcou seu 14º gol em Copas

46min – O último suspirto de Messi
Já com a goleada consumada, o craque argentino tentou marcar seu primeiro gol na Copa do Mundo. Neuer impediu com uma bela defesa no chute de longe do camisa 10

Foto: Milton Trajano

A chanceler alemã Angela Merkel foi ao estádio e saiu feliz com a goleada sobre o time de Maradona

 

FICHA TÉCNICA – ARGENTINA 0 x 4 ALEMANHA

Data: 3 de julho de 2010, sábado
Horário: 11h (horário de Brasília)
Local: Estádio Green Point, na Cidade do Cabo
Público: 64.100 torcedores
Árbitro: Ravshan Irmatov (UZB)
Assistentes: Rafael Ilyasov (UZB) e Bakhadyr Kochkarov (KGZ)
Cartões amarelos: Otamendi e Mascherano (ARG); Müller (ALE)
Gols: ALEMANHA: Müller, aos 3 minutos do primeiro tempo, Klose, aos 23 e 44, e Friedrich, aos 28 minutos do segundo tempo

ARGENTINA (4-3-3): Romero; Otamendi (Pastore), Demichelis, Burdisso e Heinze; Maxi Rodríguez, Mascherano e Di Maria; Messi, Tevez e Higuaín Técnico: Diego Maradona

ALEMANHA (4-3-3): Neuer; Lahm, Mertesacker, Friedrich e Boateng (Jansen); Khedira (Kroos), Schweinsteiger e Özil; Müller (Trochowski), Podolski e Klose Técnico: Joachim Löw

Estou torcendo para a Alemanha sem dúvida nenhuma, um time jovem, inteligente, com extrema habilidade em campo, educação e dignidade.

Go go Alemanha!

maradona

NO CHORES POR MI ARGENTINA

Comentário: Blue Fairy

Matéria: IG

Categorias:Copa 2010

Empolgação toma conta da torcida em Copacabana para jogo do Brasil

Grupo de pagode Bom Gosto vai animar o público.
Telão de 120 metros quadrados mostra jogo da seleção a partir das 15h30.

Carolina Lauriano Do G1 RJ

Torcedoras inglesas aproveitam o dia ensolarado à espera do jogo do Brasil, deitadas em cangas estilizadas com a bandeira brasileira.Torcedoras inglesas aproveitam o dia ensolarado à espera do jogo do Brasil, deitadas em cangas estilizadas com a bandeira brasileira. (Foto: Carolina Lauriano/G1)

O primeiro jogo do Grupo G da Copa da África do Sul, grupo da seleção brasileira, é entre Portugal e Costa do Marfim, mas muita gente já está empolgada nas areias de Copacabana, na Zona Sul do Rio, na manhã desta terça-feira (15), na tão esperada estreia do Brasil, às 15h30. Uma portuguesa solitária, que torcia pela equipe do seu país, acabou cercada por brasileiros, que aproveitaram para “secar” a seleção do craque Cristiano Ronaldo.

Veja uma galeria de fotos dos torcedores na arena

Um telão de 120 metros quadrados atrai o público de verde e amarelo, que terá o show do grupo de pagode Bom Gosto para animar a festa. O evento Fifa Fan Fest é gratuito. O espaço fica na faixa de areia que vai da Avenida Princesa Isabel à Rua Duvivier.

Trocida Fifa Fan FestUma torcedora portuguesa vê partida da equipe do seu país cercada por brasileiros, que “secam” a seleção do craque Cristiano Ronaldo. (Foto: Carolina Lauriano / G1)

Ao todo, serão 100 horas de transmissão dos 64 jogos da Copa na arena. Ao longo do campeonato, 25 atrações musicais vão passar por lá. O local tem capacidade para receber até 20 mil pessoas.

Entre as atrações já confirmadas estão Marcelo D2, Arlindo Cruz, Fundo de Quintal, Dudu Nobre, Monobloco, Falamansa, Cidade Negra, Revelação, Afrolata, Buchecha, Pixote, Pimenta do Reino e Cover Beatles. A lista inclui também as baterias das escolas de samba Estação Primeira de Mangueira, Beija-Flor e a campeã Unidos da Tijuca.

O evento é aberto ao público todos os dias, uma hora antes do início da transmissão do primeiro jogo e encerra as atividades sempre às 21h. O Fifa Fan Fest Rio ficará montado até o dia 11 de julho.
 

Brasil rumo ao Hexa!!!!!!!!!!!

Eu sou com orgulho!

 Vamos torcer Pessoal!

Beijinhos Blue Fairy!

Categorias:Copa 2010

Copa do Mundo: Brasil não vence, diz previsões

junho 15, 2010 13 comentários

O sonho de todo brasileiro é ver o hexacampeonato da seleção na Copa do Mundo, na África do Sul. Mas se depender das previsões… o Brasil ficará chupando dedo. Nem o tarô, nem os búzios, muito menos a numerologia mostram o caneco na seleção canarinho. — A seleção tem uma ótima espiritualidade, tem muitas energias boas, principalmente devido à liderança do técnico Dunga. Mesmo com tudo isso, não deve levar a competição. A Alemanha chega bem nesta Copa do Mundo — diz Pai Paulo de Oxalá. As cartas também não mostram boas energias no Mundial de 2010: — O Brasil está bem colocado, em sintonia. Mas haverá um desencontro em alguns jogos e isso pode prejudicar o time. Chegará a final, mas não trará o título, apesar de lutar muito — afirma a cartomante Cinara Mattos, que afirma quem são os favoritos para levar o caneco: — Vejo Itália e Alemanha como fortes candidatas.

Ataque desastroso


Apesar de o conjunto brasileiro não se dar bem no final, o técnico Dunga terá sua estrela reforçada, segundo a astróloga Glória Britho.

— Como um bom escorpiano, ele é determinado, obcecado e tem uma grande força, apesar de ser introvertido. Ele tem esta postura rabugenta, mas tem uma energia maravilhosa — declara Glória.

Um dos grandes problemas da seleção será no ataque. Luís Fabiano e Robinho não possuem uma sinergia cósmica, o que atrapalhará o desempenho em campo.

— Robinho é de Aquário e o Luís Fabiano de Escorpião. Não há comunicação entre eles. E a combinação desta dupla em campo é desastrosa para a seleção brasileira — afirma a astróloga.

Mas os astros, búzios e cartas concordam: Robinho brilhará neste Mundial e será um dos destaques do Brasil. Já Kaká, pode pecar pelo excesso de cuidado.

— Vai se dar bem, mas ficará temeroso de sofrer uma lesão. Jogará bem, mas será o mais reservado — conta Cinara.

O Brasil é sempre importante, mas dois jogadores chamam muito a atenção do mundo dos astros: Lionel Messi e Cristiano Ronaldo.

— O argentino será inexpressivo, não vive bom momento astral. Já o português será a estrela deste mundial — setencia a numerologia. 

Agora é ver para crer!

Fonte:http://extra.globo.com/esporte/jogoextra/posts/2010/06/14/copa-do-mundo-brasil-nao-vence-diz-previsoes-300043.asp

Meu Comentário:

Que o Brasil não está das melhores convocações até eu que não sou comentarista esportiva  sei. Tenho minha intuição que neste ano, o Brasil entra pentacampeão e sai pentacampeão. Espero que eu esteja errada. E faça como o Dunga Não use “Crack”.

Um bzu Bhya :)

Categorias:Copa 2010, Importante

Na África do Sul, G1 mostra as cidades com maior desigualdade social do mundo

março 30, 2010 6 comentários

Joanesburgo, Ekurhulen e Buffalo City lideram ranking da ONU.
Quem tem dinheiro não faz cerimônia na hora de ostentar

Marta Reis Do G1, em Joanesburgo

Foto: Marta Reis/G1 Foto: Marta Reis/G1

Mansão em Joanesburgo (Foto: Marta Reis/G1)

Menos de dez quilômetros separam duas realidades completamente distintas de Joanesburgo. De um lado, o bairro de Sandton, com suas luxuosas mansões, imponentes shoppings e sofisticadas BMWs. Do outro, Alexandra, uma comunidade que vive à beira do colapso – a maioria das casas não tem água encanada ou esgoto, o desemprego beira os 40%, o que acaba sendo um trampolim também para a violência. 

Foto: Marta Reis/G1 Foto: Marta Reis/G1

Soweto, distrito no subúrbio de Joanesburgo (Foto: Marta Reis/G1)

De acordo com um relatório da Organização das Nações Unidas (ONU), divulgado no último dia 19, a África do Sul tem as três cidades mais desiguais do mundo no quesito distribuição de renda. São elas: Joanesburgo, Ekurhulen e Buffalo City. As duas primeiras ficam em Gauteng, a província mais rica do país, e a última na Província do Cabo Oriental.

O estudo, intitulado O Estado das Cidades do Mundo 2010/2011: Unindo o Urbano Dividido, também destacou Goiânia, Fortaleza, Belo Horizonte e Brasília como as mais desiguais do Brasil. 

Foto: Marta Reis/G1 Foto: Marta Reis/G1

Em Tokosa falta quase tudo (Foto: Marta Reis/G1)

Entre as três cidades sul-africanas, Joanesburgo tem a desigualdade mais flagrante, justamente por ser a mais rica. Quem tem dinheiro aqui não faz cerimônia na hora de ostentar. Não é raro encontrar mansões que ocupam meio quarteirão e milionários desfilando em carros conversíveis.

Em contrapartida, suas townships (espécie de favela) impressionam pela precariedade. A maioria dos barracos é feita de telha de zinco sem qualquer isolamento térmico, ou seja, viram um forno durante o verão e um congelador durante o rigoroso inverno da cidade.

Na vizinha Ekurhule, fica a comunidade de Tokosa, uma das mais pobres do país, que protagonizou em junho do ano passado uma onda de protestos violentos por melhores condições de vida. Em Tokosa falta quase tudo.
“Não temos água encanada, eletricidade ou habitações dignas. Esse lugar não pode ser chamado de casa, está num estado tão ruim que nem porcos podem viver aqui”, reclama o morador Betwell Khatlade.

Foto: Marta Reis/G1

Ricos de Joanesburgo fazem questão de ostentar (Foto: Marta Reis/G1)

Foto: Marta Reis/G1 Foto: Marta Reis/G1

Em Alexandra, casas não têm água encanada ou esgoto (Foto: Marta Reis/G1)

Em Buffalo City, o panorama é parecido. Enquanto uma pequena porcentagem da população enriqueceu a partir das indústrias automobilística e farmacêutica que são fortes na região, mais de 70% das pessoas vivem com pouco mais de R$ 300 por mês. Na township de Mdantsane, a segunda maior do país depois de Soweto, um em cada três adultos está desempregado e vive em habitações precárias.
Apesar de ter a economia mais pujante do continente, a África do Sul tem pelo menos 40% da população abaixo da linha da pobreza, vivendo com menos de dois reais por dia. Um milhão de sul-africanos ainda moram em barracos sem água nem eletricidade.
A desigualdade de renda no país ganhou força principalmente durante o Apartheid, quando menos de 10% da população – leia-se brancos – detinha toda a riqueza do país. Além de não terem direito à propriedade, os negros não podiam ocupar cargos importantes no governo ou em empresas privadas. Além disso, eram removidos dos bairros nobres para as periferias – as townships.

Foto: Marta Reis/G1

Casas pobres de Soweto (Foto: Marta Reis/G1)

A eleição de Nelson Mandela em 1994 significou liberdade, mas não necessariamente melhores condições de vida para a maioria da população. Ao invés de diminuir a diferença de renda entre negros e brancos, a África do Sul democrática aumentou a desigualdade entre os próprios negros.
A situação preocupa tanto que a principal promessa de campanha do atual presidente Jacob Zuma foi levar serviços básicos, como água, eletricidade e esgoto às comunidades mais pobres. No entanto, como pouco foi feito nos meses seguintes às eleições, o país foi tomado por uma onda de protestos que se desdobram até hoje.
“O governo deve nos dizer por mais quanto tempo vamos viver deste jeito. Já faz 15 anos que esperamos por esses serviços e nada acontece. Não dá mais”, critica Sipho Duma, líder comunitário de Tokosa.

Categorias:Copa 2010